02/03/2021
Por que a procura por retirada de silicone aumentou?
A retirada de silicone conhecida como Explante Mamário, trata-se da remoção completa ou parcial das Próteses de Silicone. Apesar do número de cirurgias de implante de silicone realizadas ser de 18% ao ano, em média, segundo a Associação Brasileira de Cirurgia Plástica, o número de mulheres que procuram pelo Explante Mamário também cresceu.

Mesmo com o aumento de casos com complicações, só no Brasil, foram realizadas em média 275 mil cirurgias e no mundo cerca de 1 milhão, o que faz do nosso país um local de referência e alta procura por cirurgias plásticas.

Devido aos problemas de saúde ou mesmo pela aceitação do corpo natural, a procura pela cirurgia de retirada de prótese tem sido frequente. Confira a seguir alguns motivos para a procura deste procedimento ter aumentado. 


Novos casos de rejeição de prótese 

As próteses de silicone, apesar de serem compostas por material atóxico e anti contaminante, possuem uma prazo para expirar de até 10 anos. Após esse período, não há garantias quanto ao rompimento da cápsula externa e vazamento do material no organismo.

 Além disso, mulheres que realizaram o procedimento com materiais de tecnologias anteriores, também estão passando pelo período de atualização da prótese, o que explica o surgimento de novos casos de ruptura ou problemas de rejeição tardia da prótese. 

Entre os problemas de rejeição de implantes com material que prevê vazamentos, cabe citar: contratura capsular ou seja, o desenvolvimento de uma camada fibrosa em torno da prótese, tentativa do organismo de isolar o material implantado, rompimento da prótese (neste caso, a remoção é obrigatória, ocorrendo troca ou não), seroma tardio, mastite, processo autoimune (ASIA) ou desenvolvimento de Linfoma da cápsula dos implantes (ALCL). 

Além disso, mulheres que não realizaram a troca do implante em 10 ou 20 anos também apresentaram quadros de desenvolvimento de BII - mais conhecida como doença do Silicone. 


A doença do Silicone

A Doença do Silicone é mais comum e afeta uma quantidade maior de pacientes que realizam a cirurgia de implante mamário. Apesar de não ser um termo técnico, ela está ligada à BII ( Breast Implant Illness) - doença do implante mamário. Que representam uma série de sintomas relacionados à rejeição da prótese pelo organismo. 

Os sintomas mais comuns ligados à doença do Silicone são dores musculares - principalmente na região peitoral- fadiga ou falta de ar e em casos mais graves até perda de memória. 

Essas complicações podem aparecer imediatamente após o procedimento de implantes, ou demorar anos para se manifestarem. O fato é que a prótese em material mais antigo oferece maiores riscos de ruptura da cápsula e de vazamento, diferente dos modelos mais recentes. 

Alguns influencers contam sua experiência com o implante de próteses e revelam a aceitação do corpo sem a cirurgia, após sofrerem complicações. 


Influencers que retiraram próteses

Mais recentemente, as famosas Evelyn Regly (blogueira) e a ex-participante do BBB 2015 Amanda Djehdian, revelaram suas experiências com a retirada de prótese por complicações. 

Em entrevista, Evelyn contou aos seus 9 milhões de seguidores sua experiência com a retirada de prótese, após ter complicações na cirurgia de implante de silicone. A cicatriz da cirurgia teve um rompimento e chegou a ficar aberto por 9 meses, segundo a blogueira. 

Depois do ocorrido, ela apresentou sintomas de Síndrome de ASIA e rejeição do implante mamário e decidiu retirá-lo completamente para evitar complicações futuras. 

Outra brasileira que também fez a cirurgia de retirada de Silicone, foi a ex-bbb 15 Amanda. Mais recentemente ela deu uma entrevista contando sua experiência com o explante mamário. Ela também apresentou sintomas ligados à doença do silicone e após a retirada afirma não sentir mais dores nos seios. 

“Um me?s de explante! FREE, e? assim que me sinto! Livre de dores, de choros, de sintomas que estavam acabando com a minha sau?de...hoje mesmo que recente o explante, ja? noto muitas melhoras…” Afirmou a famosa em suas redes sociais. 

Amanda realizou a cirurgia de explante mamário após 14 anos convivendo com as próteses. Após a retirada, os sintomas da Doença do Silicone regrediram, e ela passa a fazer parte do movimento de mulheres que promovem aceitação do corpo anterior à cirurgia plástica.


Como saber se você precisa retirar o implante ou trocá-lo

Para prevenir possíveis complicações é necessário realizar o acompanhamento frequente da prótese e possíveis rompimentos ou vazamentos e contaminações do material de silicone. 

É importante realizar consultas periódicas ao médico cirurgião para acompanhar o estado da prótese e ficar atento a possíveis sinais de vazamentos, deformidades ou contaminações pelo silicone. Contudo, as novas próteses implantadas oferecem proteção e tecnologias mais avançadas para garantir a qualidade do procedimento.

Está com dúvidas sobre a qualidade da sua prótese? Agende sua consulta com um médico de confiança, contate o Dr. Rogério Morale!

 
LEIA TAMBÉM

OUTROS POSTS

20/04/2021

Retirada de prótese está em alta: Confira os motivos!

O procedimento de mamoplastia de aumento (colocação de prótese) está entre os mais procurados no Brasil, porém, segundo Maira Caleffi, chefe do serviço de Mastologia do Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre, nas primeiras operações, não havia grande conhecimento sobre o efeito do implante no organismo a longo prazo. E mesmo que a procura por implantes continue alta no país, atualmente têm crescido também os casos para retirada de prótese - explante mamário.
LEIA MAIS
02/03/2021

É preciso remover a prótese de silicone? Confira!

Os casos de rompimento e complicações com próteses de silicone implantadas a mais de 10 anos foram crescentes nos últimos anos e levam a seguinte pergunta: É preciso trocar o implante de silicone ou apenas se houver alguma complicação?
LEIA MAIS
02/03/2021

Por que a procura por retirada de silicone aumentou?

A retirada de silicone conhecida como Explante Mamário, trata-se da remoção completa ou parcial das Próteses de Silicone. Apesar do número de cirurgias de implante de silicone realizadas ser de 18% ao ano, em média, segundo a Associação Brasileira de Cirurgia Plástica, o número de mulheres que procuram pelo Explante Mamário também cresceu.
LEIA MAIS